terça-feira, 30 de outubro de 2018

Revitalizando em aço

28/08/2008 | Notícia | Revista Arquitetura e Aço - nº. 7 - Hospitais e Clinicas - Setembro 2006

O HOSPITAL EDMUNDO Vasconcelos, em São Paulo, foi projetado originalmente por Oscar Niemeyer. Com o passar do tempo, houve a necessidade de adaptar alguns ambientes internos, fachada e instalações, principalmente na ala de internação. O escritório de Siegbert Zanettini, com grande experiência no setor hospitalar, foi o encarregado pelas modificações realizadas entre os anos de 2001 e 2002. E, para concluir o processo de renovação, em 2003 foi erguido um grande átrio em aço e vidro. Assim, a portaria ganhou transparência, luminosidade e leveza.

Toda a estrutura do átrio foi projetada com perfis tubulares de aço, agilizando a obra e garantindo contemporaneidade à entrada, complementada pela cobertura de vidro laminado. Pela rapidez e limpeza da montagem, não houve necessidade de interromper o funcionamento do hospital durante a execução.

Zanettini explica que todos os tubos foram soldados in loco. Geralmente seus projetos em aço utilizam parafusos à mostra, mas, neste caso, ele preferiu a soldagem dos tubos para obter acabamento mais limpo, sem emendas aparentes.

Ficha Técnica

Projeto arquitetônico: Siegbert Zanettini
Colaboração: Alexandre Barone, Vanessa Ludescher 

Área construída: 72,70 m2 [átrio)
Aço empregado: aço de maior resistência à corrosão e aços de média e alta resistência mecânica
Cálculo estrutural: Companhia de Projetos
Fornecimento da estrutura metálica: Poliaço
Execução da obra: HMC Construtora
Local: São Paulo. SP
Data do projeto: 2001 | Data de conclusão da obra: 2003


O projeto do Cenpes, por Siegbert Zanettini

05/10/2010 | Revista Grandes Construções - Agosto 2010



"A arquitetura proposta, em co-autoria com José Wagner Garcia, para a extensão do Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes) constitui-se conceitualmente em novo paradigma para a arquitetura brasileira, possibilitado pela postura pioneira dessa empresa que já na estruturação do edital do concurso incluiu questões sobre eco-eficiência, sustentabilidade, utilização de condições ambientais naturais, incorporação de novas formas de energia e interação com os ecossistemas natural e construído.

Essa abordagem veio na esteira de várias experiências por nós efetuadas, no tocante ao uso de tecnologias limpas em projetos realizados e que encontraram nesta oportunidade as condições propícias para uma ocorrência global dos fundamentos que definimos como arquitetura contemporânea e ecossistêmica. Em todos os aspectos do projeto ele é inovador, tanto no seu todo como em suas partes: integra e coordena arquitetura, estrutura, sistemas de ecoeficiência, paisagismo, recuperação da paisagem, comunicação visual, economia, planejamento e organização da obra.

Neste projeto não existe o complementar: todas as disciplinas criaram, inovaram e comprovaram sua influên-cia no resultado final da arquitetura. Esta atitude perante o projeto envolvendo 140 especialistas num corpo sistêmico com contribuições de avanço em todas as áreas do projeto, incluindo a preocupação construtiva, resultou num processo sistêmico claro e estruturado, que será transferido para outros projetos da Petrobras e a seus parceiros, e fica como uma nova forma integrada de metodologia de projeto para a cadeia produtiva da construção.

Cenpes II – Ampliação do Centro de Pesquisa 
Leopoldo A. Miguez de Mello
Proprietário/Cliente: Petrobras
Ilha do Fundão Bairro: Cidade Universitária 
Cidade: Rio de Janeiro Estado: RJ
Data do Projeto: março de 2004 a junho de 2006 
Data de execução: outubro 2005 a 2010 (previsão de entrega)
Área do Terreno: 189.604,27m²
Área Total Construída: 124.368,58 m²

Projeto arquitetônico: Siegbert Zanettini . 
Co-autor: José Wagner Garcia
Arquiteto responsável: Siegbert Zanettini
Arquitetos colaboradores: Érika di Giamo Bataglia Thaís Barzocchini Miriam Haddad Sayeg Barbara Kelch Monteiro Clara Sato Fausto Slhiguemitsu Natsui Alexandre Barone Guilherme Margara Flávio Hayato Ikeda Maria Fabiana Janaina F. Prado Valéria Luppi Álvaro Luiz Ikuno Camila Chaves Garcez Camila Faccioni Mendes Karina Carvalho Bachiega Ana Marconato Femanda Braga R. Teixeira Camila de Souza Nogueira Silva Eduardo Luiz Teixeira Domelas Tatiana Xavier de Barros Paola B. T. lezzi Alessandra Cagnani Salado Elson Matos Cerqueira

Fórum do Meio Ambiente, em Brasília, deverá receber primeiro selo Leed do Centro-Oeste 

Com projeto do escritório Zanettini Arquitetura em co-autoria com a arquiteta Sandra Henriques, edifício foi implantado no eixo norte-sul para aproveitar a ventilação cruzada e iluminação natural nos ambientes internos | Mauricio Lima | 15/Abril/2011. 

           Divulgação: Zanettini Arquitetura

No próximo dia 29 será inaugurado o Fórum do Meio Ambiente e da Fazenda Pública do Distrito Federal, em Brasília. O projeto do escritório Zanettini Arquitetura, em co-autoria com a arquiteta Sandra Henriques, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), deverá ser a primeira obra da região Centro-Oeste do País a ser reconhecida pelo Green Building Council Brasil como sustentável por atender aos requisitos da certificação Leed.

O edifício de 6,2 mil m² com cinco pavimentos, todo estruturado em aço, foi implantado longitudinalmente no eixo norte-sul para aproveitar ao máximo a ventilação cruzada e iluminação natural nos ambientes internos. De acordo com o escritório de arquitetura, os terraços verdes e vazios existentes em todos os pavimentos servem para "humanizar o ambiente".

A preocupação com o sombreamento das áreas internas demandou a criação de terraços em balanço em todos os pavimentos e a colocação de telas em aço inoxidável, tensionadas e afastas 80 cm da fachada. Além disso, as superfícies leste e oeste são cegas, evitando a incidência da radiação solar direta e ganhos térmicos indesejáveis oriundos destas orientações. Com isso, houve grande economia de energia pelo abrandamento da carga térmica anterior.Fórum do Meio Ambiente e da Fazenda Pública do Distrito Federal

Data de inauguração: 29 de abril de 2011 | Localização: Brasília, DF 
Área construída: 6.282,36 m² | Autor do projeto arquitetônico: Siegbert Zanettini
Co-autoria do projeto arquitetônico: Sandra Henriques

Escritório Zanettini Arquitetura

Arquiteto Titular: Siegbert Zanettini
Arquitetos colaboradores: Thaís Barzocchini, Samara Araujo de Paula, 
Juliana Matos Martins Bacchi, Alexandre Barone, Éric Fick Gonzalez

Siegbert Zanettini - Residência | São Paulo, SP - 2004

    

Trata-se da elaboração do projeto de arquitetura e coordenação dos projetos complementares para Residência de alto padrão situada no bairro do Morumbi em São Paulo.

Exemplo contemporâneo de arquitetura residencial, o projeto incorporou em minúcias as necessidades e anseios da família.

Solução limpa, explorando a iluminação natural em todos os espaços e ambientes e tirando partido da grande perspectiva da cidade que as encostas do morumbi possibilitam. Arquitetura viva e ambientes gostosos, como afirmam seus ocupantes.

Ficha Técnica
Data do Anteprojeto: Dezembro de 2004 | Projeto Executivo: 2005
Área da instalação: 400m2 | Arquiteto responsável: Siegbert Zanettini 

Arquiteto colaborador: Alexandre Barone

Estrutura: Jorgeny Catarina Gonçalves Engenheiros Associados S/C Ltda
Instalações Elétricas e Hidráulicas: JPD LTDA
Ar Condicionado: V. S. Ar Engenharia 
Sondagens: Engesolos
Construtora: MFC Construtora


Siegbert Zanettini: Hospital Moriah, São Paulo 
ÁTRIO PROTEGIDO POR FACHADA CURVA


PROJETO DE REFORMA E AMPLIAÇÃO CONCEBIDO PELO ARQUITETO SIEGBERT ZANETTINI TRANSFORMA O EDIFÍCIO CONSTRUÍDO NA DÉCADA DE 1950, PARA ABRIGAR A TV RECORD DE SÃO PAULO, NO PRÉDIO DO PRIMEIRO HOSPITAL DO GRUPO LIFE EMPRESARIAL SAÚDE. O DESTAQUE SÃO DUAS MEIAS CÚPULAS DE VIDRO QUE PROTEGEM O ÁTRIO E AS FACHADAS INTERNAS.


Ficha Técnica:

Hospital Moriah | Cliente Grupo Life Empresarial Saúde
Local São Paulo, SP | Área do terreno 7.719,75 m² | Área construída 9.535,75 m²
Projeto dezembro de 2010 | Conclusão da obra fevereiro de 2014

Arquitetura Siegbert Zanettini (autor); Thaís Barzocchini (coordenadora); André Balsini, Natália Malateaux, Eric Fick, Juliana Martins Bacchi, Alexandre Barone, Luciana de Paula e Luciana Cainelli (colaboradores)
Construção Planova
Fachadas Penha Vidros (sistema spider, fabricação e montagem); Erg’s (sistema entre vãos, fabricação e montagem)
Estrutura metálica HR (cálculo, projeto executivo e dimensionamento); Forte Metal (fabricação e montagem)
Estrutura de concreto HR
Acústica Sresnewsky Engenharia
Fotos M. Scandaroli


quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Realização do Sinaenco, o Seminário propõe uma análise sobre os desafios envolvidos na adoção da Modelagem da Informação da Construção em empreendimentos públicos de infraestrutura.

O evento tem como pano de fundo o Decreto Federal 9.377, de 17 de maio de 2018, que oficializou a Estratégia Nacional para a Disseminação do BIM.

Além do contexto brasileiro, serão destacadas as estratégias adotadas no Chile e nos Estados Unidos para viabilizar o uso das plataformas BIM em planejamento, projetos e obras.

O programa do Seminário inclui palestras, mesas-redondas e a apresentação de cases de empreendimentos públicos desenvolvidos em BIM. 


PAINÉIS TEMÁTICOS

A Estratégia Nacional de Disseminação do BIM e os impacto nas contratações de infraestrutura;
Implantação do BIM, via estratégias públicas, nos Estados Unidos e no Chile;
Estado da Arte do BIM no Brasil;
Formação em BIM.

APRESENTAÇÃO DE CASES

Infraestrutura em Modelagem da Informação

Experiências de estatais e órgãos públicos com a contratação e o recebimento de projetos e obras utilizando plataformas BIM.

Aeroporto Digital de Londrina (INFRAERO)
Programa de Reabilitação de Obras de Arte Especiais (DNIT)
Sistema Produtor São Lourenço (SABESP)


Para quem é empresário do setor da construção, o Seminário constitui uma oportunidade para entender as demandas de curto e médio prazos e planejar o investimento em BIM.
Para gestores e servidores públicos, será um momento único de troca de experiências, que podem orientar a definição de processos de contratação e recebimento de soluções de infraestrutura utilizado a metodologia.
Profissionais, membros da academia e estudantes vão se beneficiar das discussões e poderão avaliar as tendências mundiais e as necessidades de capacitação para atuar nesse novo contexto.

PREÇOS ESPECIAIS PARA EMPRESAS ASSOCIADAS AO SINAENCO

Entre em contato (11 3123-9200) e solicite o código promocional.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Está disponível para download o Atlas Brasileiro de Energia Solar – 2a edição

Está disponível para download o Atlas Brasileiro de Energia Solar – 2a edição: Disponível para download, o atlas mostra que o Brasil tem uma vantagem muito grande com relação a outros países da Europa, líderes em exploração de energia solar

Seminário Internacional BIM - SindusCon

Seminário Internacional BIM está com inscrições abertasEvento vai apresentar o Virtual Design and Construction (VDC) e o uso do BIM na obra - Por Enzo Bertolini.

Estão abertas as inscrições para o 9º Seminário Internacional BIM, mais importante do gênero no país. Organizado pelo SindusCon-SP, por meio do Comitê de Tecnologia e Qualidade (CTQ), com apoio da Totvs, o evento será realizado dia 25 de outubro, em São Paulo e transmissão ao vivo para todo o Brasil.


O seminário terá como tema o Virtual Design and Construction (VDC) e o BIM na obra. O VDC é o gerenciamento integrado multidisciplinar de processos de trabalho e organização da equipe que adota o BIM como uma de suas bases mais importantes como fundamento para atingir os objetivos do empreendimento. Construtoras americanas, juntamente com a Stanford University, têm desenvolvido e trabalhado este conceito.


Para apresentar o VDC ao Brasil, o Seminário Internacional BIM vai trazer o engenheiro da DPR Construction, Leonardo Rischmoller. Uma das 20 maiores construtoras dos Estados Unidos, a empresa tem trabalhado e desenvolvido este conceito com a Stanford University. Esse e outros especialistas convidados vão explicar o papel do BIM no VDC e como este leva ao Integrated Project Delivery (IPD), além da experiência de aplicação deste paradigma em países da América Latina.


No evento serão apresentados cases nacionais e mesas redondas, e o público presente poderá discutir com quem já usa o BIM no canteiro, conhecer os benefícios e descobrir novas oportunidades para expandir seu uso.


No encerramento, será realizada a cerimônia de premiação 3º Prêmio de Excelência BIM SindusCon-SP.


Serviço

9º Seminário Internacional BIM - Data: 25 de outubro, das 8h às 19h30 - 
Local: Auditório da Totvs (avenida Braz Leme, 1000) - 

Curso preparatório de arquitetos para o concurso da Prefeitura de São Paulo - GETUSSP

CONCURSO PARA ARQUITETOS – PREFEITURA DE SÃO PAULO


Curso preparatório de arquitetos para o concurso da Prefeitura de São Paulo

Parceria entre o IABsp e GETUSSP oferecerá 53% para associados


A Prefeitura de São Paulo realizará concurso público para profissionais da Arquitetura e Urbanismo: serão cerca de 58 vagas para arquitetos, com salário inicial de R$7.032,90 e jornada de trabalho de 40h semanais. A Prefeitura já contratou a banca que organizará o concurso (Fundação Vunesp) e a publicação do edital de abertura de inscrições no Diário Oficial pode ocorrer já nos próximos dias.

O Instituto dos Arquitetos do Brasil – Departamento São Paulo (IABsp) fez uma parceria com o GETUSSP, empresa especializada em cursos preparatórios para concursos públicos, e está oferecendo desconto às arquitetas e arquitetos associados ao IABsp interessados em realizar o curso preparatório para o concurso da Prefeitura de São Paulo.

O desconto é de 53% para associados ao IABsp!
Saiba maiswww.getussp.club/iab

fonte: http://www.iabsp.org.br/?noticias=parceria-entre-o-iabsp-e-getussp-oferecera-53-para-associados

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Crea-SP realizará 1° Seminário Building Information Modeling – BIM Evento aconteceu no dia 2 de outubro de 2018. Com significativa presença dos profissionais do grupo de Estudos em BIM do arquiteto Alexandre Barone